Avenida da Central


  • Identificação: Avenida da Central
  • Local: Braga
  • Ano: 2017
  • Área total: 300
  • Idades: 2-14
  • Equipamentos: Baloiços; Redes ; Pavimento IN-SITU; Molas; Torres; Escorregas;
Descrição
Partindo da premissa que este seria um espaço extremamente usado e provavelmente aquele que mais visibilidade teria na cidade conclui-se que seria bastante oportuno a inclusão de equipamentos em alumínio, mais resistentes e com maior capacidade de carga. Posto isto, previu-se também manter as árvores icónicas daquele espaço permitindo assim que este esteja ainda melhor integrado com a envolvente.   Numa perspetiva mais global a imagem do parque proposto é essencialmente marcada por três momentos: Os equipamentos que funcionam como o esqueleto do parque; as árvores que representam os pulmões do espaço e o pavimento que representando a pele do sistema liga todos os elementos entre si . Desta forma, o espaço fica muito bem apetrechado de características visualmente icónicas e fisicamente estruturais e funcionais. De uma forma mais particular os diversos equipamentos propostos pretendem oferecer diversas atividades de jogo e recreio aos mais novos e pretendem também incluir num mesmo espaço crianças dos 2 aos 14 anos permitindo àquelas com mobilidade reduzida poderem também usufruir dele. O pavimento in situ EPDM per si aglutina três cores (vermelho, verde e amarelo torrado) e é desenhado com linhas biomórficas unidas entre si com arcos perfeitos que potenciam o movimento no espaço. Foram ainda propostos 3 bancos de polietileno que ajudam à permanência no espaço nomeadamente dos pais que acompanham os mais novos e ainda uma papeleira que juntamente com o bebedouro já existente conseguem colmatar todas as necessidades de um espaço de jogo e recreio. 

Detalhes técnicos
 - Uma rede com três postes em aço galvanizado
- Uma torre com um escorrega, uma passerelle e escalada
- Uma mola peixe - Uma mola papagaio
- Um balancé com as mesmas cores da torre
- Um carrossel